Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Newsletter

Nome:
Email:

Alberto Feitosa volta a defender instalação de usina nuclear em Pernambuco

O deputado Alberto Feitosa (SD) informou, na Reunião Plenária desta terça (17), que participou da 11ª edição do Fórum Nordeste 2019, nessa segunda (16). De acordo com o parlamentar, no evento, o senador e líder governista no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), anunciou o interesse do Governo Federal de investir em energia limpa em Pernambuco. Segundo Feitosa, o emedebista informou, na ocasião, sobre uma reunião que ocorrerá no próximo dia 30 de setembro com o governador Paulo Câmara, para planejar “um grande projeto para o Estado”. O deputado do Solidariedade explicou que o líder trará a equipe do Ministério de Minas e Energia para discutir ações na área de energia solar e também o projeto de energia nuclear proposto para Itacuruba (Sertão de Itaparica) – estimado em mais de R$ 20 bilhões. “O tema da energia nuclear vai fazer parte do cenário econômico do Estado. É só uma questão de tempo”, pontuou Feitosa, que, no início do mês, havia feito um pronunciamento sobre o  assunto. Como havia antecipado no primeiro discurso, ele destacou que sua assessoria está finalizando uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição), permitindo instalação de uma usina do tipo no Estado. O parlamentar também confirmou que, entre os dias 16 e 18 de outubro, está agendada uma visita às usinas localizadas em Angra dos Reis, no litoral do Rio de Janeiro, a convite da Eletronuclear. “A empresa espera uma grande comitiva de deputados, que terão a oportunidade de esclarecer dúvidas sobre o funcionamento do empreendimento”, ressaltou. Por fim, o deputado afirmou que foi publicado, nesta terça, em dois jornais do Estado, um artigo de sua autoria, intitulado “Energia nuclear: sinônimo de prosperidade do Sertão!”. Feitosa leu o texto na tribuna. Em um dos trechos, o parlamentar afirma que “…segundo estudos da Eletronuclear, o município de Itacuruba, em Pernambuco, reúne as condições ideais para abrigar uma Central Nuclear com 6,6 mil megawatts de capacidade instalada, o equivalente a toda produção de energia da Chesf. A receita anual desse empreendimento gera um montante de R$ 800 milhões em ICMS para o Estado e cerca de R$ 160 milhões em ISS para o município, trazendo ainda mais progresso e desenvolvimento”. Durante pronunciamento no Grande Expediente, o deputado João Paulo (PCdoB), afirmou ser contrário à instalação de uma usina nuclear no Estado. “Acredito que o equipamento pode trazer insegurança para os moradores da região. Tenho preferência pela adoção da energia solar, cujo fortalecimento solucionaria a questão da geração de energia elétrica no Brasil”, frisou. Já Antonio Fernando (PSC) destacou, em aparte ao comunista, “que a vinda da usina nuclear pode alavancar o desenvolvimento do Estado e que é preciso difundir as vantagens dessa matriz energética.”
17/09/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia