Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Newsletter

Nome:
Email:

Parlamentares destacam passagem do Dia dos Professores

Comemorado nesta terça, 15 de outubro, o Dia dos Professores rendeu homenagens à categoria na Reunião Plenária. Os deputados William Brigido (REP) e Teresa Leitão (PT) dedicaram pronunciamentos à data, ressaltando os desafios que esses profissionais enfrentam na realidade brasileira e pernambucana. William Brigido frisou a vocação para ensinar demonstrada pelos educadores. “Eles enfrentam baixos salários e falta de estrutura básica em muitas escolas, além de alunos agressivos, que vêm de contextos familiares completamente desestruturados”, observou. “Somente com amor, o coração do aluno é conquistado. Jesus Cristo é o modelo para os nossos professores”, considerou o parlamentar do Republicanos. Teresa Leitão relembrou a origem da comemoração do Dia dos Professores nessa data. Foi em 15 de outubro de 1827 que Dom Pedro I editou o Decreto Imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil, estabelecendo que todas as cidades, vilas e os lugarejos deveriam ter as chamadas “escolas de primeiras letras” e reconhecendo, profissionalmente, as educadoras desses estabelecimentos.  O dia foi eleito pelo imperador por ser consagrado, no Catolicismo, à educadora Santa Tereza D’Ávila. “Essa data reflete tanto a dedicação às letras como também à ideia da educação como uma profissão reconhecida”, salientou a petista. “Um professor amargo e pessimista não combina. Nossa atividade pressupõe crença e amor aos alunos, mas também luta e resistência. É preciso que tenhamos salário e jornada de trabalho condizentes com a aventura de aprender”, avaliou a deputada, que foi uma das fundadoras e chegou a presidir o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco (Sintepe) antes de ser parlamentar. Também mereceu registro de Teresa Leitão a homenagem da Câmara de Vereadores de Petrolina à ex-deputada Isabel Cristina, falecida em 2016. Ela dará nome à Medalha de Honra ao Mérito Educacional do Poder Legislativo daquele município. Professora da Universidade de Pernambuco (UPE), também foi vereadora e vice-prefeita de Petrolina. “Sei da grande guerreira que Isabel Cristina foi em todos os postos que ocupou, contribuindo muito com a educação em nosso Estado”, comentou, em aparte, a deputada Dulcicleide Amorim (PT). Teresa lembrou algumas mobilizações atuais que afetam a atividade educacional, como a renovação do Fundeb, que tem vigência definida até 2020. Em Pernambuco, o desafio seria revisar o Plano de Carreira, Cargos e Salários dos professores estaduais. “O documento atual é de 1998, quando não existia nem o Fundeb nem o piso salarial nacional, e precisa ser repensado”, acredita. Em apartes, os deputados Doriel Barros (PT) e João Paulo (PCdoB) elogiaram as políticas educacionais do ex-presidente Lula, com a criação de 422 escolas técnicas e 18 universidades federais. “Lula, que tinha apenas um curso técnico de mecânica, deu muitas lições para o Brasil e para o mundo”, declarou o comunista. Já Isaltino Nascimento (PSB) e Roberta Arraes (PP) relembraram o legado do ex-governador Eduardo Campos na área: “Temos hoje, em Pernambuco, um exemplo objetivo de como o investimento em educação é decisivo”, considerou o líder do Governo. Também renderam homenagens aos professores os deputados Fabrizio Ferraz (PHS), Juntas (PSOL), Antonio Fernando (PSC), José Queiroz (PDT) e Simone Santana (PSB).
15/10/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia