Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Newsletter

Nome:
Email:

Plenário faz minuto de silêncio pela morte do jornalista Inaldo Sampaio

A Assembleia Legislativa lamentou o falecimento do jornalista Inaldo Sampaio, ocorrida nesta madrugada. Por iniciativa do deputado Antônio Moraes (PP), o Plenário fez um minuto de silêncio, nesta segunda (7), em homenagem ao colunista político. Presidindo a reunião, o deputado Diogo Moraes (PSB) reiterou o sentimento de pesar da Casa. Sampaio, que antes de morrer assinava uma coluna do jornal Diario de Pernambuco, enfrentava um câncer. Ele passou mal na noite de domingo (10), sofreu uma parada cardíaca e veio a falecer no Hospital Português, no Recife. O velório foi realizado no Cemitério Morada da Paz, em Paulista (Região Metropolitana). “A imprensa e todos os pernambucanos perderam hoje uma grande figura, o jornalista Inaldo Sampaio. Ele foi também um sertanejo que conseguiu vencer com muito mérito e prestou muitos serviços ao Estado”, registrou Antônio Moraes. “Era um amigo de todos nós, que se foi de forma precoce, ainda muito jovem. Pernambuco e o jornalismo ficam muito sentidos e tristes por essa falta”, agregou Diogo Moraes.  Natural de São José do Egito (Sertão do Pajeú), Sampaio faleceu aos 64 anos, deixando mulher e dois filhos. Em sua carreira profissional, ele atuou por 12 anos no jornal O Globo, além de trabalhar por 22 anos no Jornal do Commercio. Também passou pela TV Globo e pelo jornal Folha de Pernambuco. Nos últimos seis meses, dedicava-se à coluna Fogo Cruzado, do Diario de Pernambuco, e à Rádio CBN Recife, além de ter sido assessor do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE).
11/11/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia